Metrô vai processar rádio por propaganda que incentiva 'xaveco'

SÃO PAULO - O Metrô de São Paulo afirmou, no começo da noite desta terça-feira, 25, que vai processar a Rádio Transamérica por causa da propaganda que afirma que "trem lotado é bom pra xavecar a mulherada".

 

"O Metrô informa que vai processar a rádio Transamérica FM pelo uso indevido e sem aprovação de seu nome em inserção testemunhal veiculada em programa da emissora. Nem o Metrô nem a agência Nova SB, a qual a Companhia encomendou campanha sobre obras de expansão da rede metroviária, foram informados de que tal conteúdo seria veiculado pela rádio Transamérica. O Metrô reitera que repudia o conteúdo veiculado pela rádio Transamérica", diz nota do Metrô enviada nesta noite.

 

A propaganda, atribuída pela rádio ao Metrô, causou grande polêmica nas redes sociais. Em meio a diversos erros propositais de português, o locutor do programa diz que a lotação no Metrô é normal e defende a abordagem às mulheres. "Nos horários de pico, é normal trem e metrô ficar (sic) lotado. É assim também nas grandes metrópoles espalhadas pelo mundo. Pra (sic) falar a verdade, até gosto do trem lotado, é bom pra xavecar a mulherada, né, mano? Foi assim que eu conheci a Giscreuza. Muito já foi feito e o governo sabe que ainda tem muito pra fazer. Governo do Estado de São Paulo", diz a inserção. Ouça a propaganda aqui.

 

O Metrô nega que tenha autorizado a rádio a veicular o anúncio com tal informação. Diz que a rádio foi orientada a "mostrar a modernidade do Metrô de São Paulo e explicar que a lotação nos horários de pico acontece em todas as grandes cidades do mundo. Além disso, deveriam ser anunciadas as obras de expansão em andamento", segundo nota da empresa.

 

A rádio informou ao Estado, por telefone, que a inserção tinha autorização prévia da companhia. Também por nota, disse que "nenhum momento o texto incentiva atitudes lascivas, pois de forma alguma faz qualquer alusão a qualquer tipo de violência ou abuso sexual. O personagem ao empregar o termo 'xavecar a mulherada', se refere única e exclusivamente à paquera, sinônimo da antiga conhecida cantada que de fato pode persuadir ou aproximar pessoas, formando ou não casais, conduta licita que acontece naturalmente na vida cotidiana em qualquer lugar com grande circulação de pessoas".

 

A rádio foi procurada para comentar o processo, mas sua assessoria não havia atendido os telefonemas até as 20h30 desta terça-feira, 25.

 

Fonte: Estadão

Foto: Tiago Queiroz/ Estadão

Compartilhar

Veja também

» Veja mais notícias

 

O que você acha do serviço de transporte público da sua cidade?

  • Excelente
  • Bom
  • Regular
  • Ruim
  • Péssimo

 

Publicidade

Publicidade

Publicidade